Lousada

Muitos Encantos e Recantos

Lousada é outro dos concelhos do Distrito do Porto cuja atividade principal é ainda a agricultura, favorecida pelas benéficas caraterísticas do vale do Sousa, que o atravessa.
Recentemente tem-se apostado na vinha e na produção vinícola que, embora fazendo parte da “agricultura”, abre outras perspetivas. 
A indústria têxtil, o turismo – com rotas como a Rota do Românico e a Rota Gourmet – são outras formas de desenvolvimento.

Não restam muitos vestígios da ocupação da área do concelho de Lousada no período da pré-História, a não ser uma Necrópole Megalítica com mamoas, à qual não foi possível associar um povoado. Dos romanos ficou também, claro, a sua marca em algumas casas, uma delas resultante da romanização do Castro de S. Domingos, na freguesia de Cristelos.
Para além deste castro, existiram no concelho de Lousada vários outros, mais ou menos importantes, mais ou menos fortificados, mas sempre com uma localização privilegiada.

  • Onde?

    Lousada, fica no norte de Portugal, faz parte do Distrito do Porto, é constituído mais de 20 freguesias, todas elas ricas em património - algumas das casas senhoriais têm sido aproveitadas para constituir áreas de negócio, como o turismo de habitação e a produção de vinhos verdes. Ficando no designado vale do Sousa é percorrido e irrigado por outros rios e ribeiros, favorecendo a sua atividade principal que é a agricultura.


    Lousada - Casa de Ronfe - Meinedo

  • O quê?

    Durante a Idade Média foram sendo estabelecidos por todo o concelho de Lousada, em outeiros como o do Monte Pedroso (Aveleda e Alvarenga) e em Cimo de Vila (Vilar do Torno e Alentém) pequenos “castelos”, entre os séc. IX e XI, para além de inúmeras igrejas como as de Meinedo, de Aveleda e de S. Miguel, todas elas românicas.
    As informações que hoje existem, pelas investigações feitas, referem ainda núcleos de sepulturas antropomórficas e também a existência de um lagar rupestre que prova que já se produzia vinho, na Idade Média, no concelho de Lousada – o lagar, na Cerca dos Veados, freguesia de Vilar do Torno e Alentém, dispunha de três compartimentos que comunicavam entre si pela posição relativa, ajudada pela gravidade. Este período foi também fértil na construção de vias e pontes

    Lousada-Lagar dos Mouros-Vilar de Torno e Alentém

  • Património a descobrir

    Lousada (União das Freguesias de Cernadelo, Lousada S. Miguel e Lousada Stª Margarida
    - Capela do Sr. dos Aflitos – no centro de Lousada, cuja imagem é normalmente identificadora da terra

    Lousada - Capela Sr. dos Aflitos

    - Capela de Nª Srª do Loureto – foi, outrora a principal igreja de Lousada, quando ainda era designada por Torrão
    - Igreja Matriz de Lousada (S. Miguel) – é pequena, com reminiscências do estilo românico e muito visitada
      durante as Festas de S. Miguel, a 29 de Setembro.

    Lousada-Igreja Matriz ou de S. Miguel

    - Paços do Concelho – o edifício data do início do séc. XX
    - Tribunal Judicial de Lousada – o edifício foi construído no final do séc. XIX
    - Pelourinho – manuelino

    Lousada - Pelourinho

    Freguesia de Aveleda
    - Capela de S. Bartolomeu – barroca, de meados do séc. XVIII, com belo retábulo no interior, também do séc. XVIII

    Lousada-Capela de S. Bartolomeu      Lousada - Cap. de S. Bartolomeu-interior

    - Casa de Vilela – solar do séc. XVIII. A capela, isolada do edifício principal, é da mesma altura, tendo uma imagem, valiosa, de Nª Srª da Oliveira e um belo retábulo do séc. XVIII – hoje em dia é uma cada de Turismo de habitação

    Lousada - Casa de Vilela

    - Ponte de Vilela -medieval

    Lousada - Ponte de Vilela

    - Igreja do Salvador de Aveleda – românica, embora o edifício tenha sido alvo de reforma, na época moderna, tendi ficado do original, com as características românicas, a nave a a fachada ocidental. Também no interior foram efetuados trabalhos de renovação no decorrer do séc. XVIII.
    A primeira referência a esta igreja aparece em 1177 quando neto de Egas Moniz doa ao Mosteiro de Paço de Sousa os bens que tinha em Lousada

    Lousada - Igr. do Salvador de Aveleda

    Freguesia de Boim (União das Freguesias de Cristelo, Boim e Ordem)
    - Igreja de S. Vicente de Boim
    – a igreja, que tem uma planta fora do vulgar, é citada nas inquirições de 1258. No entanto, não existem registos das várias intervenções feitas ao longo dos anos, estando somente documentada a que foi feita no séc. XVI. A capela-mor denota ser a que foi construída inicialmente, pelo facto de apresentar, na parede do fundo, silhares de pedra com duas epígrafes que, segundo os estudiosos, datam do final do séc. XIII e início do séc. XIV.

    Lousada - Igr. de S. Vicente de Boim

    Freguesia de Caíde de Rei
    - Casa de Vila Verde
    – data do séc. XVI, construída em granito. A capela data do séc. XVIII e apresenta azulejos e vitrais valiosos. Nela nasceu o Dr. António Pinto de Mesquita, advogado e governador civil do Porto (1908/09) e, nos dias que correm a família Mesquita está dedicada à produção de vinho verde.

    Lousada - Casa de Vila Verde

    Freguesia de Cristelos
    - Castro de S. Domingos
    – é o maior e mais significativo núcleo habitacional castrejo, do concelho de Lousada. Tem quatro panos de muralha e um fosso, na sua parte norte. Nas escavações, na década de 90 do século passado, foi descoberta casa de planta circular, coberta com colmo e com um pátio circundada por muros curvilíneos. O pátio dava acesso a um provável forno e a outra estrutura de planta quadrangular – para uma das paredes foi usado o pano de muralha.

    Lousada - Castro de S. Domingos

    Freguesia de Lodares
    - A casa de Vilar
    - casa rústica armoreada do séc XVII. Hoje em dia dedica-se à produção de vinho verde, podendo ver-se todo o processo.

    Lousada - Casa de Vilar

    Casa da Lama – solar do séc. XVII, com pedra de armas.

    Freguesia de Meinedo
    - Casa de Ronfe – no lugar de Ronfe, data do séc. XVIII, sendo o projeto de Nicolau Nazoni. O solar tem pedra de armas, e torre meã – na torre, do séc. XVI os canteiros, em forma de canhão, são da época renascentista. Os painéis de azulejos , no centro das paredes têm cenas palacianas, de acontecimentos históricos e de caça. À volta da casa existe uma bela mata e jardins

    Lousada - Casa de Ronfe

    - Igreja de Stª Maria de Meinedo – pensa-se que terá sido construída no final do séc. XIII, início do séc. XIV, mantém o estilo românico. O prestígio da igreja deve-se ao facto de Meinedo (então designada Magnetum) ter sido sede de Bispado, no séc. VI . A sede foi posteriormente transferida para Portucale, não havendo referência a “Magnetum”no Concílio de Toledo (589) a que compareceu o bispo de Portucale.
    Não existem informações entre esta altura e aquela em que a Igreja foi sagrada (séc. XIII) mas, escavações feitas no final do século passado revelaram que ela assenta num templo pré-romano, com uma abside circular.

    Lousada - Igr. de Stª Maria de Meinedo

    - Ponte de Espindo – medieval, no lugar de Espindo

    Lousada - Pte de Espindo

    Freguesia de Nogueira
    - Casa das Bouças
    – solar do séc. XVIII, com pedra de armas na frontaria

    Lousada - Casa das Bouças

    Freguesia de Pias
    - Igreja de S. Lourenço de Pias – tem um magnífico retábulo joanino

    Freguesia de Sousela
    - Capelas de Stª Águeda e S. Cristóvão

    Lousada - Capela de Stª Águeda e S. Cristóvão

    - Casa do Valteiro
    – solar rústico do séc. XVI, com pedra armoreada. Aqui repousou, por algum tempo, Florbela Espanca, nos anos 20 do século passado.

    Freguesia de Torno
    - Santuário de Nª Srª Aparecida

    Lousada - Santuário de Nª Srª Aparecida

    - Ponte da Veiga – medieval – no lugar de Torno

    Lousada - Ponte da Veiga

    Freguesia de Vilar de Torno e Alentém
    - Casa de Juste
    – solar do séc. XVI, com elementos que vão do medieval ao barroco. De notar janela manuelina e, na capela, altar de talha dourada do séc. XVI. Hoje funciona como Turismo de habitação.

    Lousada - Casa de Juste

    - Torre de Vilar - é também chamada de Torre dos Mouros, tinha uma função defensiva e estratégica. Tem 18 m de alt,.foi construída no séc. XVII, num outeiro, sobranceiro ao rio Sousa.

    Lousada - Torre de Vilar

    - Lagar dos Mouros – conhecido também por lagareta, é uma estrutura, cavada num bloco de granito, que era usada para a produção de vinho. Tem três cavidades - piso onde a uva era esmagada, o pio, onde era recebido o mosto e o prato, onde era recebido o líquido resultante. Estas cavidades eram escavadas em alturas diferentes, de modo que o líquido obtido da pisa da uva escorresse para a cavidade seguinte. O vinho resultante não era sujeito a uma fase de fermentação. Pensa-se que date da Baixa Idade Média

    Lousada - Lagar dos Mouros            Lousada -Lagar dos Mouros (planta)

    - Casa de Alentém – solar apalaçado, tem pedra de armas e capela
    - Casa da Veiga – casa que data do séc. XVI, tem fachada de pedra rocaille e portal encimado por pedra de armas. A capela foi também construída no séc. XVI

  • Gastronomia

    A gastronomia de Lousada, concelho iminentemente agrícola, baseia-se nos bons produtos da terra, nos animais criados à boa maneira tradicional e nas receitas também tradicionais. Um dos pratos mais caraterísticos é o cabrito assado com arroz de forno, este feito em alguidar de barro, como aliás acontece em muitos dos concelhos vizinhos. O cozido à portuguesa, os rojões, também fazem parte da lista. Outro dos pratos, muito caraterístico, que é feito nos dias de festa, é o basulaque – é confecionado com miúdos e bucho de carneiro, galinha, presunto e salpicão – tudo partido em pedaços e refogado até que fique bem tenro e apurado. Tempera-se com pimenta e hortelã e pode juntar-se fatias de pão de trigo.

    Lousada - Basulaque

    Lousada é também rica em doçaria. O sarrabulho, a sopa seca, o leite creme, o pão de ló e os beijinhos de amor são deliciosos.

    Lousada - Pão de Ló                    Lousada - Beijinhos de Amor

    Para além destas iguarias, Lousada tem também uma produção considerável de fumeiro, queijo compotas e vinho verde, a que se dedicam muitas das casas agrícolas, algumas instaladas nos solares referidos

    Lousada - Vinho Verde 

  • Feiras, Festas e Romarias

    - Festa de S. Vicente – Boim – último fim de semana de Janeiro
    - Festa de S. Brás – Nespereira – 1º domingo de Fevereiro
    - Festa de Stª Águeda – Sousela – 5 de Fevereiro
    - Festa de Nª Srª do Amparo – Covas – último domingo de Abril
    - Festa de S. Jorge – Boim – 23 de Abril
    - Festa de Nª Srª da Conceição – Cristelos – último domingo de Maio
    - Festa do Sr. do Parão – Barrosas (Stº Estêvão) - último domingo de Maio
    - Festa de Stº Sacramento e Almas – Sousela – sem dia preciso, em Maio
    - Festa de S. Gonçalo – Macieira – 1º domingo de Junho
    - Festa de Stº António – Casais – domingo depois do dia 13 de Junho
    - Festa de S. João – Ordem – dia de S. João
    - Festa de S. Pedro – Caíde de Rei - último domingo de Junho
    - Festa de Nª Srª de Guadalupe – Ordem - sem dia preciso, em Junho
    - Festa de Stª Isabel – Lodares – 1º domingo de Julho
    - Festa da Srª do Avelar – Pias – 1º domingo de Julho
    - Festa de Stª Margarida – Lousada (Stª Margarida) – 2º domingo de Julho
    - Festa da Srª do Carmo – Vilar Torno e Alentém – 3º domingo de Julho
    - Festa de Stª Cristina – Nogueira – último fim de semana de Julho
    - Festas do Sr. dos Aflitos - Lousada – último fim de semana de Julho
    - Festa de S. Tiago – Lustosa - último fim de semana de Julho
    - Festa de Stº Ovídio – Aveleda – 9 de Agosto
    - Festa de S. Lourenço – Pias – 1º domingo de Agosto
    - Festa da Srª Aparecida – Torno – dia 13 a 15 de Agosto
    - Festa de Stº Tirso – Meinedo – 3º domingo de Agosto
    - Festa da Srª da Lapa – Cernadelo – em Agosto
    - Festa da Srª da Ajuda – Nevogilde – dia 29 de Agosto
    - Festa de Stª Ana – Meinedo – em Agosto
    - Festa da Srª da Misericórdia – Figueiras – 1º domingo de Setembro
    - Festa da Srª da Natividade – Alvarenga – 2º domingo de Setembro
    - Festa de Nº Srª das Neves – Meinedo – 2º fim de semana de Setembro
    - Festa de S. Miguel - Lousada (S. Miguel) – último fim de semana de Setembro
    - Feira de Artesanato – Lousada, no Jardim Sr. dos Aflitos - 2ª ou 3ª Semana de Julho

    Lousada - Cestaria       Lousada -Pirotecnia     Lousada - Tamanqueiro  Lousada - Tecelagem
    - Feira das Oitavas – Lousada - Dia 26 Dezembro

  • Acessos e Distâncias
    LISBOA  348 km PORTO   49 km
    Aveiro  110 km Guarda  234 km
    Beja  483 km Leiria  215 km
    Braga   48 km Portalegre  328 km
    Bragança  177 km Santarém  281 km
    Castelo Branco  288 km Setúbal  382 km
    Coimbra  156 km Viana do Castelo  107 km
    Évora  440 km Vila Real   63 km
    Faro  583 km  Viseu  163 km
  • Itinerários Possíveis

    Itinerário 1
    Lousada (A) – Nogueira (B) – Aveleda (C) – Pias (D) – Lousada (E)
    Visita de Lousada, dos seus valores do património, como dos das freguesias e lugares indicados. Para além do património, a paisagem e a gastronomia merecem também alguma atenção

    Total de km – 9 km
    Tempo de percurso – 16 minutos, só o tempo de condução
    Estradas – por estradas nacionais e municipais

    Lousada - Itinerário 1

    Itinerário 2
    Lousada (A) – Meinedo (B) – Lodares (C) – Boim (D) – Sousela (E) – Cristelos (F) - Lousada (G)

    Como o anterior também este itinerário passa por algumas freguesias de Lousada, cujo património, paisagem, são dignos de visita. Aproveitar também os prazeres da mesa.

    Total de km – 27 km
    Tempo de percurso – 40 minutos, só o tempo de condução
    Estradas – por estradas nacionais e municipais

    Lousada - Itinerário 2

    Itinerário 3
    Lousada (A) – Torno (B) – Vilar de Torno e Alentém (C) – Caíde de Rei (D) – Espindo (E) – Lousada (F)

    Apreciar o património que, na maioria, faz parte da Rota do Românico, a paisagem, e deliciar-se com a boa e deliciosa gastronomia.

    Total de km – 24 km
    Tempo de percurso – 40 minutos, só o tempo de condução
    Estradas – por estradas nacionais e municipais

    Lousada - Itinerário 3

  • Parceiros ACP

    PARCEIROS ACP
    Abaixo estão os links para todos os parceiros existentes no Distrito do Porto, a que Lousada pertence,  e que oferecem descontos aos sócios, mediante a apresentação do cartão de sócio.

    - Hotéis
    - Solares
    - Turismo Rural 
    - Restaurantes

     

     

scroll up